MINIMALISMO | Por onde começar?

“Eu não sou nenhuma especialista em minimalismo. Não há especialistas no minimalismo, porque este não é um movimento exclusivo de pessoas de pensamentos similares. Todos nós fazemos a nossa própria versão, e na minha opinião, é assim que deve ser. Não há líderes, seguidores, regras, nenhum programa que você tem que comprar. É só você, seus pensamentos, suas idéias, sua vida e Deus.”

ENTENDENDO O MINIMALISMO
Primeiro vamos entender que o minimalismo não existe uma regra a ser seguida, mas existe um conceito sobre ele. É uma ferramenta que pode ajudar a todos aqueles que estiverem dispostos a se livrar dos excessos em favor de se concentrar no que é importante para encontrar mais felicidade, realização pessoal e liberdade. Ou seja, abrir mão de absolutamente tudo o quê não tem utilidade.
O minimalismo não serve apenas para coisas materiais, serve também para a sua vida, sua saúde do corpo e da mente. Falaremos mais sobre cada um deles em breve. Hoje quero falar sobre as coisas materiais primeiro.
Para aplicar o minimalismo, o ideal é que você tenha um planejamento bem feito, pra que você não se perca durante o processo e desista no meio do caminho e para que esse processo não seja tão doloroso.
Fiz um vídeo falando sobre como começar a praticar o minimalismo e como foi pra nós essa mudança. Olha só!

Clique aqui, caso você tenha recebido esse post por e-mail!

1º PASSO
Sugiro que comece com a técnica de destralhar. Destralhar nada mais é do que se livrar das tralhas da sua casa, de tudo o que é inútil e sem valor.

POR ONDE COMEÇAR?
Tá e por onde começar a destralhar? O ideal é que você escolha um ambiente da sua casa. Pode ser o quarto, a sala, a cozinha ou qualquer outro que você queira. A partir daí você deve escolher um mobiliário (móvel) desse ambiente, o guarda-roupa ou uma prateleira ou um gaveteiro, o que você preferir. É importante que você não demore tanto nesse processo pra que seja o menos doloroso possível. Depois de finalizado o primeiro móvel ou ambiente, comece imediatamente o próximo. Não se esqueça de terminar sempre um ambiente antes de começar outro para que você não se perca no processo.

O QUE JOGAR FORA?
Quando digo “jogar fora” para nós pode significar vender, doar, dar de presente, reaproveitar, reciclar, jogar no lixo.
Pra ajudar você, fiz uma lista de destralhe com vários itens que você pode jogar fora e quase nunca pensa neles.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO MINIMALISMO?
São inúmeros benefícios da prática do minimalismo, vai depender muito do seu objetivo nesse processo. A partir do momento que você elimina excessos materiais da sua casa, você ira perder menos tempo limpando ela, automaticamente você terá mais tempo para outras coisas mais importantes da sua vida, Deus, família, você, amigos. Conseguirá se organizar melhor, ainda mais se você acrescentar a prática de usar o Bullet Journal. Eu sou experiência viva disso. Depois que comecei a praticar o minimalismo, a técnica de destralhar minha casa todos os dias e organizar minhas tarefas com o Bullet Journal, a minha criatividade aflorou muito mais, e hoje meus dias são mais produtivos e até minha saúde melhorou pois com a organização e o tempo extra que ganhei, consegui incluir atividades físicas matinais nos meus dias e dar mais atenção a nossa alimentação aqui de casa.
Na decoração e organização da casa, a prática minimalista traz mais conforto, praticidade, beleza e uma sensação de mais espaço. Afinal, a gente subtrai o desnecessário.

Se quiser saber mais sobre o assunto, fiz esse post há um tempo atrás sobre minimalismo na decoração e na vida. Não deixe de ler!

Espero que tenham gostado do vídeo e desse post. Conte aqui nos comentários se vocês já conhecem essa prática e como vocês aplicam o minimalismo na vida.

Um super beijo pra vocês!

Versículo do dia:
Porque, onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração. (Lucas 12:34)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *